Bombardeios no centro da Síria deixa pelo menos 16 mortos

Beirute, 19 mai (EFE).- Pelo menos 16 pessoas morreram nesta quinta-feira, entre elas seis menores de idade, e dezenas ficaram feridas por bombardeios no norte da província central síria de Homs, segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Pelo menos 11 pessoas perderam a vida e dezenas ficaram feridas por ataques de helicópteros militares contra as zonas de Deir al Ful, Burch Qai e Al Houla.

Por outro lado, cinco civis morreram e houve um número indeterminado de feridos por quatro bombardeios de aviões de guerra, de origem desconhecida, na cidade de Al Rastan, também no norte de Homs.

Al Rastan e outras áreas da metade setentrional de Homs estão sob o controle de facções armadas rebeldes e no passado foram alvo de bombardeios por parte da aviação síria e da russa.

Ontem, 13 membros da mesma família, entre eles oito menores, morreram em um ataque de aviões de procedência desconhecida em Al Rastan, de acordo com dados do Observatório.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos