Emboscada no norte do Mali mata pelo menos cinco boinas azuis

Bamaco, 19 mai (EFE).- Pelo menos cinco "boinas azuis" da Missão da ONU no Mali (Minusma) morreram na quarta-feira e outros três ficaram gravemente feridos em uma emboscada na região de Kidal, no norte do Mali, segundo disse à Agência Efe nesta quinta-feira fontes policiais e locais.

Os cinco boinas azuis, de nacionalidade chadiana, perderam a vida depois que seu veículo foi alcançado por uma bomba colocada na estrada rumo a Aguel, na região de Kidal.

Após a deflagração foram ouvidos disparos que tiveram como alvo o comboio da Minusma, explicaram as fontes que acrescentaram que três suspeitos foram detidos e entregues às autoridades após o ataque.

Nessa mesma região ocorreram também ontem vários movimentos de homens armados seguidores do tuaregue Iyad Ag Ghali, líder do movimento jihadista local Ansar ad-Dine, um dos mais ativos no norte do Mali, mas não há constância que sejam eles os autores do ataque.

O norte do Mali é um reduto de diferentes grupos armados, tanto tuaregue independentistas como jihadistas locais ou leais à Al Qaeda no Magrebe Islâmico (AQMI), que atacam com relativa frequência o Exército e os "boinas azuis" da Minusma, que realizam uma das missões mais perigosas do mundo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos