Promotoria de Paris abre investigação sobre acidente com aeronave da Egyptair

Paris, 19 mai (EFE).- A Promotoria de Paris anunciou nesta quinta-feira que abriu uma investigação sobre o avião da companhia Egyptair que cobria a rota entre Paris e Cairo e desapareceu nesta madrugada quando sobrevoava o Mediterrâneo.

A investigação foi encarregada à direção geral da Gendarmaria Nacional (DGGN), acrescentou em comunicado, no qual ressaltou que neste momento "não é descartada nenhuma hipótese".

No Airbus A320 de Egyptair viajavam 66 pessoas a bordo, incluídos 30 cidadãos egípcios e 15 franceses, entre outras nacionalidades.

A abertura de uma investigação na França é um procedimento habitual no momento em que há vítimas francesas no exterior .

O presidente francês, François Hollande, indicou hoje que "o avião caiu", e insistiu que não se deve descartar nenhuma hipótese, inclusive a terrorista, sobre as causas do acidente.

As autoridades francesas estão em contato estreito com suas homólogas gregas e egípcias, e ofereceram ajuda militar, marítima e aérea para colaborar na busca do aparelho.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos