Kerry e ministro turco insistem em cessação de hostilidades na Síria

Bruxelas, 20 mai (EFE).- O secretário de Estado dos Estados Unidos, John Kerry, e o ministro de Relações Exteriores turco, Mevlut Cavusoglu, insistiram nesta sexta-feira na necessidade de que "todas as partes" no conflito sírio cessem as hostilidades e contribuam para processo político que desemboque em uma transição no país árabe.

Os chefes da diplomacia americana e turca se reuniram hoje em paralelo à reunião de ministros de Relações Exteriores da Otan para revisar a situação da Síria e os esforços da coalizão internacional para derrotar o Estado Islâmico (EI) no Iraque e na região, informou o porta-voz do Departamento de Estado americano, John Kirby.

Kerry e Cavusoglu também conversaram sobre os esforços internacionais por enfrentar a crise de refugiados, e o secretário de Estado americano agradeceu a seu colega turco a "liderança da Turquia" neste sentido.

A Turquia acolhe mais de 2 milhões de refugiados sírios em seu território e fechou com a União Europeia (UE) um acordo para conter o fluxo de chegadas de imigrantes ilegais e refugiados rumo à Europa através de devoluções a partir da Grécia.

Em troca por cada sírio deportado à Turquia, a UE receberá um sírio em seu território, antecipará a liberalização de vistos e acelerará a adesão do país ao bloco, além de financiar projetos de até 6 bilhões de euros.

Kerry tratou também com o ministro turco sobre a "importância da liberdade de expressão e de veículos de comunicação livres e independentes", explicou seu porta-voz.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos