Rússia convida observadores da OSCE a supervisionarem eleições legislativas

Moscou, 20 mai (EFE).- A Rússia convidou nesta sexta-feira os observadores da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) a supervisionar as eleições legislativas de 18 de setembro.

"A Rússia confirma sua disposição a cumprir com suas responsabilidades de convidar os observadores internacionais às eleições à Duma que ocorrerão em 18 de setembro", disse Valentina Matviyenko, presidente do Conselho da Federação (Senado).

Matviyenko, que fez estas afirmações ao se reunir em Moscou com o chefe da Assembleia Parlamentar da OSCE, o finlandês Ilkka Kanerva, lamentou que nessa organização não exista uma legislação geral que rege o trabalho dos observadores eleitorais.

Nos anteriores pleito parlamentares em dezembro de 2011, a Comissão Eleitoral Central (CEC) da Rússia rejeitou a presença dos observadores do Escritório para as Instituições Democráticas e os Direitos Humanos (ODIHR).

A CEC apontou como motivo que esse organismo da OSCE propôs enviar mais de 200 observadores, um número que Moscou considerou exagerado.

A Rússia acusou em várias ocasiões a OSCE de fazer avaliações politizadas sobre os processos eleitorais no espaço pós-soviético a fim de desestabilizar a situação nesses países.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos