Sobe para 64 o número de mortos no Sri Lanka pelas chuvas

Colombo, 20 mai (EFE).- O número de mortos pelas chuvas que na última semana foram registradas no Sri Lanka subiu para 64 e o de desaparecidos oscila entre 131 e 143, enquanto os fortes ventos e precipitações começam a perder intensidade.

Segundo o último balanço do Centro de Gestão de Desastres (DMC, em inglês) oferecido nesta sexta-feira, 131 pessoas continuam desaparecidas, todas elas na província de Sabaragamuwa, onde está situado o município de Aranayake, no qual três aldeias foram arrasadas por um deslizamento de terra na noite de terça-feira.

Pelo menos 127 desaparecidos estavam em Aranayake, segundo o DMC.

O chefe da operação de busca em Sabaragamuwa, o general Sudantha Ranasinghe, indicou, no entanto, que o Exército ainda maneja um número de 143 desaparecidos nessa região, 16 a mais que o DMC.

Ranasinghe indicou à Agência Efe que até agora recuperaram 18 corpos em Aranayake e outros 16 em Bulathkohupitiya, município próximo, e que também sofreu um deslizamento.

As autoridades já deram por perdidas ontem as possibilidades de encontrar vivos os desaparecidos embora continuem as operações no terreno.

Enquanto isso, o número de afetados se estabilizou em torno dos 428 mil, dos quais 319.500 tiveram que ser evacuados a locais seguros.

Mais da metade dos evacuados estão no município de Colombo, onde só nas últimas 24 horas cerca de 166 mil pessoas tiveram que deixar suas casas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos