EI pede que seguidores ataquem alvos civis no Ocidente durante o Ramadã

Cairo, 21 mai (EFE).- O porta-voz do Estado Islâmico (EI), Mohammed al Adnani, pediu que os seguidores do grupo realizem mais atentados no Ocidente, especialmente na Europa e nos Estados Unidos, por causa do mês sagrado do Ramadã, que começa em junho.

Em mensagem carregada de ódio, cuja autenticidade ainda não foi confirmada, Al Adnani afirmou que "atacar os que chamam de civis é melhor e mais útil", antes de acrescentar que "não existem inocentes" no Ocidente.

No áudio de 31 minutos divulgado através das redes sociais, Al Adnani reitera que qualquer ataque, por menor que seja, na casa do inimigo, é melhor do que um nos territórios controlados pelo EI.

Na mensagem, na qual o porta-voz dos jihadistas critica todo grupo, movimento ou homem de religião islâmica que não compartilha dos ideais extremistas, Al Adnani também afirma que, já que os simpatizantes não tem capacidade de atacar alvos militares, é melhor que promovam atentados contra os civis.

Além disso, no áudio, Al Adnani faz ataques os Estados Unidos, Rússia e Arábia Saudita, e também contra um dos principais inimigos do EI na Síria, a Frente al Nusra, filial da Al-Qaeda no país.

O porta-voz do grupo não fez nenhuma menção ao avião da EgyptAir que caiu na quinta-feira no Mar Mediterrâneo, por causas ainda desconhecidas. As autoridades não descartaram a possibilidade de que a aeronave tenha sido alvo de um atentado, apesar de nenhum grupo ter reivindicado o suposto ataque.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos