Rei da Tailândia realiza tratamento de hidrocefalia em hospital de Bangcoc

Bangcoc, 21 mai (EFE).- O rei Bhumibol Adulyadej da Tailândia, o soberano vivo com o reinado mais longevo do mundo, foi levado para o hospital Siriraj, na capital Bangcoc, para realizar tratamento de hidrocefalia, informou o Escritório da Casa Real através de um comunicado.

"Detectamos que seus músculos faciais faziam movimentos irregulares, por isso os médicos fizeram um exame de raio-x e descobriram um excesso de fluidos no cérebro", diz o comunicado divulgado na noite de sexta-feira e repercutido neste sábado pelo jornal "The Nation".

A equipe médica do soberano, que tem 88 anos, corrigiu a excesso de líquido cefalorraquidiano através de uma endoscopia.

Bhumibol assumiu o trono tailandês em 1946, mas só foi coroado em 5 de maio de 1950, uma semana depois de se casar com a atual rainha Sirikit, que é sua prima de segundo grau, segundo uma biografia oficial.

Rama IX é o único rei que a maioria dos tailandeses conheceu e o povo o considera como um ser semidivino, símbolo de unidade e guia da nação.

A última aparição pública do monarca, que está internado no hospital Siriraj há vários anos por diferentes problemas relacionados com sua idade avançada, ocorreu em 11 de janeiro, durante uma curta visita ao palácio Chitralada, em Bangcoc.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos