Presidente da Turquia indica Binali Yildirim para primeiro-ministro

Ancara, 22 mai (EFE).- O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, encarregou a formação do novo governo do país a Binali Yildirim, atual ministro dos Transportes e que foi eleito neste domingo líder do partido islamita AKP, que já estava no poder.

A formalidade representa a indicação de Erdogan para que Yildirim assuma o posto de primeiro-ministro. Pouco antes, Ahmet Davutoglu, até então premiê, apresentou sua renúncia ao presidente e "homem forte" da política turca, que a aceitou.

"O presidente pediu hoje ao deputado de Esmirna e chefe do partido Justiça e Desenvolvimento que forme o 65º governo da República", diz um comunicado divulgado pela presidência.

Espera-se que Yildirim apresente sua composição ministerial nesta terça-feira.

Durante o congresso do AKP, no qual era candidato único e recebeu todos os 1.405 votos válidos dos delegados, o novo líder, figura fiel a Erdogan, já tinha sinalizado quais serão os rumos de sua gestão como primeiro-ministro.

"Presidente, sua causa é nossa causa, seu caminho é nosso caminho", disse.

Além disso, Yildirim afirmou que uma de suas prioridades à frente do governo será introduzir uma mudança constitucional para estabelecer um sistema presidencialista.

A imprensa turca destacou que essa lealdade a Erdogan foi o que levou Yildirim ao posto de primeiro-ministro, substituindo a Davutoglu, que tentava estabelecer um caminho próprio.

Davutoglu destacou hoje, durante seu discurso de despedida no congresso do AKP, que deixa o cargo para manter a unidade do partido.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos