Pyongyang propõe reunião a Seul para diminuir tensão militar

Seul, 22 mai (EFE).- O governo norte-coreano propôs à Coreia do Sul realizar uma reunião para diminuir a tensão militar entre os dois países, elevada após os últimos testes de armas de Pyongyang, segundo informou a agência estatal norte-coreana de notícias "KCNA".

O ato veio um dia depois que Pyongyang pediu a Seul para aceitar sua última proposta de diálogo, realizada pelo líder Kim Jong-un durante o congresso do Partido dos Trabalhadores realizado no início de mês.

"Propomos manter contatos preparatórios para abrir conversas em nível militar entre as autoridades das duas Coreias, na data e local que for mais conveniente para ambas as partes", afirma em comunicado a agência estatal de notícias.

Estas reuniões seriam destinadas a "diminuir a tensão militar e a criar um ambiente de confiança entre as autoridades militares do Norte e do Sul", acrescenta o citado meio oficial do regime norte-coreano.

Seul, por sua vez, confirmou que recebeu a mensagem e destacou que sua disposição ao diálogo dependerá de que a Coreia do Norte "dê passos rumo à desnuclearização", segundo disse um porta-voz do Ministério da Defesa em entrevista coletiva.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos