Combates no leste da Ucrânia deixam um militar ucraniano morto

Kiev, 23 mai (EFE).- Pelo menos um militar ucraniano morreu e outros três ficaram feridos em combate no leste da Ucrânia na últimas 24 horas, informou nesta segunda-feira o porta-voz militar da presidência ucraniana, Andrei Lisenko.

"Como resultado de ações de combate um militar ucraniano morreu e outros três ficaram feridos", disse Lisenko ao oferecer o boletim sobre a situação na zona do conflito durante as últimas 24 horas.

O porta-voz precisou que as quatro mortes ucranianas foram causadas por um ataque com morteiros dos separatistas pró-Rússia no polígono industrial de Avdeyevka, cidade ao norte da cidade de Donetsk, a principal praça forte dos separatistas.

Segundo o quartel-general das forças ucranianas enviadas à zona do conflito, ontem as milícias separatistas violaram o regime de cessar-fogo em 31 ocasiões com emprego de armamento pesado, proibido pelos Acordos de Minsk para a regulação da disputa.

"A situação mais grave aconteceu ontem à noite na frente de Mariupol (sul da região de Donetsk), em particular junto à cidade de Shirokino", afirma em comunicado divulgado pelos militares em Facebook.

O comando ucraniano denunciou que os separatistas empregaram lança-granadas e peças de artilharia de calibre 152 mm contra as posições das forças governamentais.

De acordo com os últimos dados da ONU, mais de 9 mil pessoas, entre combatentes e civis, morreram no leste da Ucrânia nos pouco mais de dois anos de conflito.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos