Nadezhda Savchenko chega a Kiev após ser libertada pela Rússia

(Acrescenta declarações de Savchenko no aeroporto)

Kiev, 25 mai (EFE).- A pilota ucraniana Nadezhda Savchenko, liberada nesta quarta-feira pela Rússia, onde cumpria uma pena de 22 anos de prisão acusada de assassinar dois jornalistas, já chegou a Kiev e e deve se reunir ainda hoje com o presidente da Ucrânia, Petro Poroshenko.

"O avião presidencial com a heroína da Ucrânia Nadezhda Savchenko já aterrissou", escreveu antes o líder ucraniano nas redes sociais.

A mãe e a irmã da pilota a receberam na pista após a aterrissagem do avião no aeroporto de Borispol (Kiev).

"Quero pedir perdão a todas as mães cujos filhos não puderam voltar" do conflito no leste da Ucrânia, disse Savchenko à imprensa após aterrissar.

"E eu, estou viva. Quero pedir perdão a todas as mães cujos filhos estão prisioneiros. E eu, estou livre. Não posso devolver os mortos, mas estou disposta a viver de novo no campo de batalha. E farei tudo o que está em minhas mãos para que cada prisioneiro recupere a liberdade", acrescentou.

A pilota ressaltou que queria "agradecer todos os que me desejaram o bem, porque sobrevivi graças a eles. Também quero agradecer a todos que me desejaram o mal, porque para sua tristeza, sobrevivi. E quero agradecer aos indiferentes, porque não foram um estorvo".

Após se encontrar com seus parentes e discursar perante a imprensa, Savchenko entrou em um carro para se dirigir à sede da presidência ucraniana, no centro de Kiev, e se reunir com Poroshenko, informou o porta-voz do líder ucraniano, Sviatoslav Tsegolko.

Instantes depois do anúncio da volta de Savchenko à Ucrânia, o presidente russo, Vladimir Putin, disse que tinha assinado nesta manhã o indulto da pilota depois de se reunir com os parentes dos jornalistas mortos.

De acordo com os meios de comunicação, Putin quer que esse indulto sirva para diminuir as tensões no leste da Ucrânia.

"Acredito que estas decisões, ditadas pelo humanismo, ajudem a diminuir as tensões em Donbas (leste da Ucrânia) e a evitar perdas terríveis e desnecessárias", disse o chefe do Kremlin.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos