Austrália confirma descoberta de outras 3 possíveis peças do MH370

Sydney (Austrália), 26 mai (EFE).- O governo da Austrália confirmou nesta quinta-feira a descoberta de três peças, duas nas Ilhas Maurício e outra em Moçambique, que poderiam pertencer ao avião de Malaysia Airlines que desapareceu no dia 8 de março de 2014 com 239 pessoas a bordo.

"Como aconteceu com as anteriores, as autoridades da Malásia preparam a coleta (das peças) e se espera que estes objetos sejam trazidos para a Austrália para serem examinados", disse o ministro de Transporte australiano, Darren Chester em comunicado.

"As três peças são de interesse em conexão com o desaparecimento do voo MH370 da Malaysia Airlines", acrescentou Chester, que não deu detalhes sobre os pedaços achados.

Uma das peças, que seria parte da fuselagem, foi descoberta há duas semanas na ilha Bernache, em Maurício, por um turista francês que a entregou ao capitão do navio no qual viajava e este esqueceu de dá-la para as autoridades até a terça-feira.

Outra peça, também achada em Maurício pela Guarda-Costeira, foi descrita como parecida com o fragmento da asa surgida em Moçambique em dezembro do ano passado.

Até o momento foram recuperadas cinco peças na ilha da Reunião, Moçambique, Maurício, África do Sul e na ilha francesa Rodrigues, que as autoridades confirmaram como partes do Boeing 777 desaparecido.

O MH370 desapareceu 40 minutos após decolar de Kuala Lumpur rumo a Pequim depois que, segundo a investigação oficial, alguém desligou os sistemas de comunicação e virou o aparelho, que teria caído no mar depois que o combustível acabou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos