Obama encanta vietnamitas durante visita ao país

Eric San Juan.

Ho Chi Minh (Vietnã), 26 mai (EFE).- Esquecidos os já distantes traumas da guerra, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, teve uma recepção calorosa por parte dos vietnamitas e apresentou um tom relaxado durante sua visita oficial de três dias a Hanói e Ho Chi Mihn (antiga Saigon), que terminou ontem.

Desde sua chegada ao aeroporto de Hanói no domingo à noite, Obama pôde comprovar a expectativa despertada por sua viagem no dia seguinte, quando se declarou emocionado pelo grande número de pessoas que saíram às ruas da capital do Vietnã para recebê-lo com cartazes e bandeiras.

Milhares de pessoas se reuniram nas avenidas próximas ao hotel de Obama para ver, mesmo de relance, o carro presidencial e, quem sabe, o próprio líder americano atrás dos vidros blindados.

Obama deu o tom relaxado à visita durante a entrevista coletiva conjunta com o presidente do Vietnã, Tran Dai Quang, na qual tentou pronunciar algumas palavras no idioma local e brincou com a imprensa quando a tradução simultânea de seu colega apresentou problemas.

"Tenho certeza que ele está dizendo palavras muito sábias", disse Obama, em meio aos risos, depois de um problema técnico impedir que ele ouvisse a tradução das declarações de Quang.

O presidente americano lamentou o fato de não poder visitar o país com calma, porém encontrou tempo para apreciar uma especialidade local em um modesto restaurante de rua de Hanói, ao lado do famoso chef nova-iorquino Anthony Bourdain.

Durante o encontro, que será exibido em um programa especial da emissora "CNN" dentro de algumas semanas, Obama experimentou o "bun cha", um prato de carne de porco com macarrão de arroz e molho de pescado típico do norte, e tomou uma cerveja local, cercado por cidadãos vietnamitas alheios à presença do principal líder mundial.

Bourdain publicou imagens da "reunião" em sua conta no Twitter e revelou que o jantar custou US$ 6, apesar de não esclarecer quem pagou a conta.

O inusitado encontro lembrou a visita do então presidente Bill Clinton, que encerrou sua viagem oficial à antiga Saigon em 2000 tomando um "pho", uma sopa típica de macarrão e carne.

Apesar de a imprensa não ter tido acesso ao interior do restaurante, alguns dos vietnamitas postaram vídeos de Obama cumprimentando os clientes nas redes sociais. O presidente jantou sentado em um banco de plástico e em uma simples mesa de metal.

As imagens viralizaram, com vários comentários positivos sobre a habilidade de Obama no manejo do "hashi", os palitos usados como talheres em vários países do Oriente.

Dezenas de curiosos se reuniram em torno do cordão de segurança e alguns deles tiveram a chance de ver o presidente americano de perto e inclusive cumprimentá-lo quando retornou ao carro oficial.

O momento também foi motivo de comentário nas redes sociais, sobretudo um vídeo que mostrava Obama tirando um anel em um gesto rápido antes de apertar a mão de alguns vietnamitas.

Em Ho Chi Minh, Obama visitou uma das pagodas mais emblemáticas da cidade e participou de um encontro com empresários. Depois, conversou com jovens líderes vietnamitas antes de seguir para o Japão, onde completará seu tour pela Ásia.

Foi sua primeira e única viagem ao Vietnã como presidente, mas Obama deixou as portas abertas para retornar como turista com sua família depois de deixar a Casa Branca.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos