MTST ocupa sede da Presidência em São Paulo e entra em confronto com a PM

São Paulo, 1 jun (EFE).- Um grupo de militantes do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST) ocupou nesta quarta-feira a sede da Presidência da República em São Paulo e entrou em confronto com a Polícia Militar na Avenida Paulista, no centro da capital paulista.

O grupo invadiu o hall do prédio onde estão os escritórios da Presidência e pichou a fachada com mensagens como "Fora Temer", em protesto contra o governo do presidente interino, Michel Temer.

Os manifestantes bloquearam um dos lados da Avenida Paulista. Um deles lançou um rojão contra o edifício da presidência e, quando a Polícia Militar tentou prendê-lo, houve confronto. Os agentes usaram gás lacrimogêneo e spray de pimenta para dispersar o movimento.

Uma agência do Banco do Brasil que funciona no mesmo edifício foi depredada pelos integrantes do MTST.

Segundo a PM, cinco pessoas foram presas pelos incidentes.

O MTST e outras organizações sociais marcaram para o próximo dia 10 uma jornada nacional de protestos contra Temer.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos