Oito pessoas morrem esmagadas por multidão na Mauritânia

Nouakchott, 1 jun (EFE).- Oito pessoas morreram nesta quarta-feira em Nouakchott esmagadas por uma multidão que se congregou em um local onde um homem de negócios repartia esmolas prévias ao mês do Ramadã, segundo relatou o jornal "Al Akhbar".

Além dos mortos, há pelo menos 20 feridos (mulheres e crianças incluídas), muitos deles em estado grave, que necessitaram de atendimento no Hospital Central da capital mauritana.

A operação caridosa se desenvolvia com a assistência da polícia, que não pôde evitar que uma pessoa caísse no chão e outras tropeçassem sobre ela, causando a morte por asfixia de várias delas.

Logo após a revelação dos fatos, o ministro do Interior foi ao local, acompanhado por vários responsáveis policiais, para estudar que erros judiciais ocorreram.

As operações de caridade e beneficência se multiplicam no mundo muçulmano antes e durante o mês do Ramadã (que começa na segunda-feira), e é habitual que os empresários e pessoas ricas entreguem comida aos mais pobres.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos