Confronto entre refugiados deixa 15 feridos em acampamento de Lesbos

Atenas, 2 jun (EFE).- Quinze pessoas ficaram feridas na noite de quarta-feira em confrontos entre refugiados afegãos e paquistaneses no acampamento de Moria, na ilha grega de Lesbos, das quais três tiveram que ser hospitalizadas.

Os confrontos duraram cerca de uma hora, até que as forças de segurança conseguiram acalmar a situação, informou à Agência Efe uma fonte da Polícia local.

Segundo a imprensa local os afegãos de Moria acusam os paquistaneses de roubos e de incomodar as mulheres, enquanto os paquistaneses asseguram que os afegãos querem controlar o acampamento com práticas mafiosas.

Durante os enfrentamentos começou um incêndio que destruiu 11 tendas de campanha, algumas das quais continham roupa e cobertores que a Acnur tinha levado para distribuir entre os refugiados.

Um número elevado de migrantes, em sua maioria famílias com crianças, deixaram o acampamento após os distúrbios e passaram a noite no campo ou foram para a cidade de Mitilene.

A Polícia afirmou que todos os que saíram são refugiados que tem liberdade de movimentos, após ter transcorrido os 25 dias de detenção previstos pela lei, na espera da decisão do serviço de asilo sobre seus pedidos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos