Impopularidade de Hollande e Valls alcança novo recorde na França

Paris, 2 jun (EFE).- A impopularidade do presidente da França, François Hollande, e do primeiro-ministro, Manuel Valls, alcançou em junho um novo recorde, é o que indica uma pesquisa divulgada nesta quinta-feira pela emissora "itélé".

Hollande, segundo o levantamento, conta com o apoio de somente 11% da população, cinco pontos a menos que em maio, e seu nível mais baixo desde que essa pesquisa começou a ser feita em novembro de 2012.

O chefe de Estado só tem o apoio de 3% dos simpatizantes do partido conservador, três pontos a menos que no mês anterior, enquanto entre socialistas e ecologistas sua aprovação chega a 36%, o que representa uma queda de quatro pontos.

Em plena agitação social vivida no país devido à polêmica envolvendo a reforma trabalhista, a popularidade de Valls caiu oito pontos e se situa em 14%. O chefe de governo perdeu 12 pontos entre socialistas e ecologistas, com 35% de opiniões favoráveis entre os mesmos, enquanto ganhou três pontos entre os conservadores, com 13%.

A pesquisa indica que mais de um terço dos franceses acreditam que o governo está disposto a tomar decisões impopulares se forem boas para o país, e 26% acreditam que o Executivo "tem uma linha clara, da qual não se movimenta".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos