Talibãs sequestram 17 pessoas da minoria hazará no Afeganistão

Cabul, 2 jun (EFE).- Os talibãs sequestraram 17 passageiros da minoria étnica hazará que viajavam em ônibus pela província de Sar-e-Pol, no norte do Afeganistão, após raptar há dois dias outros 200 viajantes e executar 13 em uma província próxima, informou nesta quinta-feira à Agencia Efe uma fonte oficial.

Os sequestrados, todos eles civis, foram capturados ontem à noite quando iam para a capital homônima da região desde o distrito de Balkhab, disse Zabihulla Amani, porta-voz do governador provincial.

Os insurgentes interceptaram o veículo, tiraram os reféns e os levaram para uma localização desconhecida.

Amani afirmou que "nenhum funcionário do Governo ou oficial de segurança" estava entre os sequestrados, todos eles civis e da perseguida comunidade xiita hazará, apesar de ter rejeitado que haja mulheres ou crianças envolvidos.

"Após receber a informação iniciamos os esforços e enviamos anciãos das zonas tribais como mediadores para assegurar a libertação segura das pessoas sequestradas", afirmou o porta-voz, ao detalhar que os insurgentes ainda não fizeram nenhum pedido.

Segundo a fonte, o sequestro aconteceu em uma região insegura da província com presença dos talibãs, que ainda não se pronunciaram sobre a ação.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos