Bombardeio contra ônibus na cidade síria de Aleppo deixa ao menos 8 mortos

Cairo, 3 jun (EFE).- Pelo menos oito pessoas morreram em um bombardeio contra um ônibus que transitava em uma estrada principal na cidade de Aleppo, no norte da Síria, informou nesta sexta-feira o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

O ataque aéreo deixou também um número indeterminado de feridos e aconteceu na estrada de Al Castilu, que liga a cidade de Aleppo com as áreas situadas ao norte e a noroeste do centro urbano.

As forças do regime do presidente Bashar al Assad estão há dias tentando tomar o controle desta estrada, segundo o OSDH.

A fonte informou também que uma estudante universitária morreu após ser atingida por disparos de um franco-atirador no bairro de Al Ramusa, em Aleppo.

Além disso, a aviação do regime bombardeou durante a madrugada os bairros da cidade controlados pelos insurgentes e lançou barris explosivos sobre várias áreas do norte de Aleppo, entre elas o bairro de Al Kalasa, onde há informações de vítimas, que ainda não foram confirmadas.

Os aviões do exército sírio também bombardearam nesta manhã várias zonas de Huraitein, ao norte de Aleppo, sem que por enquanto se saiba se há feridos e mortos.

Em outra frente, as tropas turcas bombardearam durante a madrugada áreas controladas pelo grupo terrorista Estado Islâmico (EI) nos povoados de Hur al Nahr, Talalin, Tal Maled, Kafr Qalbain, Kalyabrin, ao norte de Aleppo, segundo informaram moradores da área, citados pelo OSDH.

A cidade de Aleppo está sendo disputada por forças governamentais e rebeldes armados desde 2012, e está dividida entre os dois lados. EFE

se-fc/rpr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos