Gabinete do presidente do Uruguai é evacuado devido a ameaça de bomba

Montevidéu, 3 jun (EFE).- O gabinete do presidente do Uruguai foi evacuado nesta sexta-feira devido a uma ameaça de bomba, segundo confirmaram funcionários do local e do corpo de bombeiros, que esclareceram que no momento do aviso o líder do país, Tabaré Vázquez, não se encontrava no edifício.

A ameaça foi recebida pelo Serviço de Emergências do Uruguai pouco antes do meio-dia e avisava que havia uma bomba no edifício que abriga o gabinete da presidência, denominada residência presidencial de Suárez y Reyes e concebida como tal, embora Vázquez more em outro lugar.

A mesma ligação advertia sobre uma segunda bomba no Colégio San Pablo, próximo a Suárez y Reyes. Por enquanto, os agentes do corpo de bombeiros e do exército uruguaio que se deslocaram até ambos os lugares não encontraram nenhuma bomba.

A presidência uruguaia e os bombeiros não detalharam o número de pessoas que havia nos edifícios evacuados. Fontes oficiais assinalaram que a maior parte da atividade do governo do país é realizada na Torre Executiva, no centro de Montevidéu e longe de Suárez y Reyes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos