Guarda costeira da Grécia recupera centenas de migrantes ao sul de Creta

Atenas, 3 jun (EFE).- A guarda costeira da Grécia realiza nesta sexta-feira uma operação de resgate de centenas de migrantes que viajavam em um bote à deriva a 75 milhas náuticas ao sul da cidade de Kali Limeni, na ilha de Creta, em águas internacionais.

A guarda costeira relatou à Agência Efe que encontrou, por enquanto, três corpos, que 302 migrantes já estão a salvo e que as boas condições meteorológicas estão ajudando nos trabalhos de resgate.

Na embarcação, de 25 metros de comprimento, que segundo as autoridades poderia tratar-se de um barco de pesca, havia entre 600 e 700 migrantes.

Além das duas embarcações enviadas pela guarda costeira grega, outras cinco embarcações civis que se encontravam na região estão ajudando nas tarefas de salvamento, para as quais a Grécia também deslocou um helicóptero Super Puma e dois aviões.

As suspeitas indicam que a embarcação saiu do norte da África e que seu destino era a Itália, pois a chegada do bom tempo reativou a rota da Líbia para a Europa.

Nos últimos meses, chegaram a Creta cerca de 220 refugiados, segundo a imprensa local.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos