Inundações no leste da Bélgica deixam um morto e vários danos

Bruxelas, 3 jun (EFE).- As inundações no leste da Bélgica causaram a morte de homem de cerca de 60 anos residente no município de Nassogne (província de Luxemburgo) e geraram vários danos a imóveis, veículos e ruas, informou nesta sexta-feira a agência "Belga".

O morto, que estava em paradeiro desconhecido desde a madrugada, foi surpreendido pelo aumento do rio Wamme enquanto tratava de proteger suas colmeias, explicaram fontes oficiais à "Belga"

As inundações também afetaram várias estradas de todo o sudeste da Bélgica, já que algumas tiveram que ser interrompidas apesar serem as únicas vias de acesso a vários municípios.

A rua principal do município de Masbourg, também no sudeste, está totalmente alagada e a água entrou em muitas casas, segundo informaram residentes.

As previsões meteorológicas não são nada boas, já que o risco de fortes chuvas segue vigente para sábado e inclusive poderiam afetar Bruxelas e a região de Flandres.

O sul do país pode chegar a sofrer entre 8 e 37 litros de chuva por metro quadrado, segundo as previsões do MétéoGroup.

As inundações em vários pontos da Europa deixaram vários mortos e vários imperfeições, sendo as mais desastrosas em Paris e no sul da Alemanha.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos