Ataque do Boko Haram no Níger mata pelo menos 30 militares

Niamey, 4 jun (EFE).- O governo do Níger informou neste sábado que pelo menos 30 militares morreram e 60 pessoas ficaram feridas em um ataque realizado ontem pelo grupo terrorista Boko Haram na região de Diffa, no sudeste do país africano.

Os terroristas supostamente chegaram da vizinha Nigéria e controlaram a cidade de Bosso durante várias horas, depois que os soldados fugiram base após o primeiro ataque.

Com a situação controlada, os terroristas queimaram a sede da prefeitura de Diffa, e levaram as armas e munições abandonadas pelos militares do exército, segundo informações de fontes militares à Agência Efe.

Nesta manhã, enquanto os militares eram sepultados, o exército buscava conhecer a magnitude do ataque e a relativa facilidade com que os terroristas agiram.

Este foi um dos ataques mais ousados do Boko Haram no sudeste de Níger, uma região onde operam com certa frequência, tanto contra o exército como contra a população civil, que é acusada de passar informações aos militares sobre os movimentos do grupo terrorista. EFE

io-fzb/phg/rsd

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos