Mergulhadora morre após ser atacada por tubarão na Austrália

Sydney (Austrália), 5 jun (EFE).- Uma mergulhadora de 60 anos morreu neste domingo depois de ser atacada por um tubarão no sudoeste da Austrália, a segunda vítima do tipo na região nos últimos seis dias.

A Polícia informou que a mulher, que não teve o nome revelado, ficou gravemente ferida depois de ser atacada pelo animal, que, segundo pescadores, media mais de cinco metros, de acordo com o portal do canal "ABC".

Na terça-feira passada o surfista australiano Ben Gerring, de 29 anos, morreu após ser atacado por outro tubarão perto de Perth, no sudoeste do país.

Os ataques de tubarão são comuns na Austrália, onde 180 espécies desses ferozes peixes moram. Por conta disso, o governo do estado da Austrália Ocidental começou em 2013 um polêmico plano para capturar e sacrificar tubarões de mais de três metros com o objetivo de proteger os banhistas. Já nos estados de Nova Gales do Sul e Queensland são utilizados redes e complexos anzóis para prevenir ataques, mas se evita abertamente capturá-los e matá-los.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos