Parlamentar afegão morre em explosão de bomba em Cabul

Cabul, 5 jun (EFE).- Um parlamentar afegão morreu e 11 pessoas ficaram feridas quando uma bomba explodiu no momento em que o veículo deles passava perto de sua casa em Cabul.

A explosão que matou o jovem Shyrvly Wardak, membro da Wolesi Jirga (Câmara dos Deputados), aconteceu esta tarde perto de sua casa, no oeste da capital, de acordo com o porta-voz do Ministério do Interior afegão, Sediq Sediqqi, em mensagem no Twitter. O porta-voz acrescentou que outras 11 pessoas ficaram feridas, embora não tenha dado detalhes sobre suas identidades. Segundo ele, as "as forças de segurança receberam ordens para investigar as circunstâncias da explosão".

O chefe do Departamento de Emergências do Ministério do Interior, Homayon Aini, explicou à Agência Efe que o parlamentar ficou gravemente ferido na explosão e que, após ser levado a um hospital, não resistiu aos ferimentos. De acordo com ele, entre os feridos há quatro policiais e dois guarda-costas do parlamentar, natural da província central de Maydan-Wardak e irmão de Farooq Wardak, que foi ministro da Educação durante o governo do presidente Hamid Karzai.

Até o momento, nenhum grupo reivindicou a autoria do ataque.

A instabilidade no Afeganistão vem aumentando desde o fim da missão militar da Otan em dezembro de 2014 e os talibãs foram avançando no controle do país, assim como na frequência e tamanho dos atentados nas grandes cidades.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos