Apoiada pelos EUA, ofensiva curda ameaça deslocar milhares de sírios

Genebra, 6 jun (EFE).- Aproximadamente 216 mil sírios podem ser levados para a província de Al Raqqah, nas imediações da cidade de Manbij, pela ofensiva das milícias curdas, apoiada pelos EUA, contra o Estado Islâmico (EI), que controla a maior parte da região.

O alerta foi dado pelo Escritório de Assuntos Humanitários (OCHA, sigla em inglês), apontando que até o final de abril cerca de 20 mil civis tiveram que abandonar Manbij.

Os civis tentam abandonar o território controlado pelo EI seguindo para áreas dominadas por grupos rebeldes que lutam contra o regime sírio, onde a ONU teme que possam encontrar dificuldades para viver livres e que não encontrem refúgio.

A Força Aérea dos EUA realizou na semana passada mais de 40 bombardeios em Manbij, dando apoio às milícias curdas nos confrontos com o Estado Islâmico.

As organizações humanitárias têm manifestado uma crescente preocupação com as dificuldades para prestar assistência à população, especialmente aqueles que deixaram o local dos conflitos. EFE

emn/phg/ff

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos