Morte de lenda do fisiculturismo deixa Índia de luto

Nova Deli, 6 jun (EFE).- A Índia está de luto nesta segunda-feira pela morte do fisiculturista Manohar Aich, de 104 anos, conhecido como "Hércules de bolso" por sua estatura de apenas 1,50m, pioneiro da modalidade em seu país e primeiro indiano a conquistar o título de Mister Universo, em 1952.

"Você nos fez ter muito orgulho, descanse em paz", escreveu no Twitter a chefe do governo Mamata Banerjee, ao se despedir de Aich.

Um dos filho de Aich, Manoch, explicou que o fisiculturista estava se alimentando apenas por líquido nos últimos dias e que morreu por "complicações relacionadas com a idade", afirmou ao site "The Indian Express".

Aich começou no mundo do fisiculturismo durante um período em que ficou preso após protestar contra a "opressão" britânica, na época em que a modalidade esportiva era praticamente inexistente na Índia.

"O período na prisão me ajudou na preparação para o Campeonato Mundial. Não havia nenhum equipamento, mas praticava com as mãos livres por 125 horas diárias", disse o fisiculturista, durante uma entrevista.

Após a sua libertação, ele combinou seu trabalho de vendedor de cocos com o treinamento, até que decidiu tentar a sorte no concurso Mister Universo, em Londres.

A estatura de 1,50m lhe valeu o apelido de "Hércules de bolso", mas sua altura não o impediu de alcançar a fama no mundo do fisiculturismo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos