Protesto de refugiados provoca incêndio em acampamento na ilha grega de Samos

Atenas, 6 jun (EFE).- O protesto de um grupo de refugiados no acampamento aberto de Suda, na ilha grega de Samos, próxima ao litoral da Turquia, provocou nesta segunda-feira um incêndio que destruiu diversas tendas e contêineres com roupas coletadas pelo Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur).

"Algumas lixeiras foram incendiadas durante um protesto de um grupo de 40 refugiados, e o fogo se espalhou para as tendas", disse à Agência Efe uma fonte da polícia local, que não conseguiu identificar a causa do protesto, mas garantiu que "a calma foi restabelecida", e que "nenhuma prisão foi efetuada".

De acordo com a mesma fonte, mais de mil pessoaos estão retidos no acampamento aberto de Suda, bloqueados na ilha após o início do acordo entre a União Europeia (UE) e Turquia sobre a situação dos refugiados.

Nas últimas semanas, os protestos e confrontos entre diferentes grupos étnicos de refugiados e migrantes se tornaram um fenômeno quase que diário nos acampamentos das ilhas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos