Cai vantagem de Kuczynski sobre Keiko com 94,8% das urnas apuradas no Peru

Lima, 6 jun (EFE).- A vantagem do candidato à presidência do Peru Pedro Pablo Kuczynski sobre sua rival Keiko Fujimori caiu 0,45 pontos percentuais, já que o mesmo tem 50,22% dos votos válidos contra 49,77% de sua oponente, com 94,8% das urnas apuradas no segundo turno das eleições.

De acordo com o último boletim do Escritório Nacional de Processos Eleitorais (ONPE) emitido nesta segunda-feira, Kuczynski tem 8.256.138 votos contra 8.181.872 de Keiko Fujimori, o que deixa a diferença entre ambos em apenas 74.266 votos.

Antes deste último boletim, o responsável do ONPE, Mariano Cucho, explicou que já foram contabilizados quase todos os votos emitidos em território peruano e que o pequeno percentual restante corresponde, em sua maioria, aos votos procedentes do exterior.

Ainda faltam apurar 3.968 atas eleitorais, enquanto há outras 1.182 atas impugnadas e pendentes de resolução por parte dos diferentes Júris Eleitorais Especiais (JEE).

Kuczynski pediu hoje a seus compatriotas que esperem até amanhã para se pronunciar sobre o resultado do pleito, mas destacou que os números da apuração confirmam sua vantagem sobre Keiko.

A filha do ex-presidente Alberto Fujimori, por sua vez, passou o dia reunida com seus assessores e, ao deixar seu local de campanha, disse apenas que é necessário esperar os resultados finais com "tranquilidade".

O Jurado Nacional de Eleições (JNE) pediu aos peruanos que mantenham calma até que sejam divulgados os resultados finais e elogiou a "maturidade e o compromisso com a democracia" que mostraram eleitores, candidatos e porta-vozes de organizações políticas.

Cerca de 23 milhões foram convocados às urnas no domingo para escolher o sucessor do atual presidente, Ollanta Humala.

Keiko venceu o primeiro turno das eleições no último dia 10 de abril, ao obter 39,85% dos votos, contra 21,01% de Kuczynski.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos