Buenos Aires analisará lei para habilitar vagões só para mulheres no metrô

Buenos Aires, 8 jun (EFE).- A legisladora de Buenos Aires, Graciela Ocaña, apresentou um projeto de lei no parlamento da cidade para disponibilizar na rede de metrô da capital argentina vagões exclusivos para mulheres a fim de evitar situações de assédio sexual, informaram nesta quarta-feira fontes legislativas.

A proposta sugere que durante os horários de pico - das 7h às 10h e das 17h às 19h de segunda-feira a sexta-feira - entre em funcionamento uma série de vagões identificados "de forma visível" para que sejam utilizados exclusivamente pelas mulheres.

Portanto, os homens teriam proibida a entrada nestes vagões, com exceção dos menores de 13 anos que estiverem acompanhados por uma mulher.

Esta proposta se apoia, segundo indica no documento, em um artigo publicado pelo jornal "Clarín" em 2015 que afirmava que a procuradoria de Buenos Aires recebe uma média de 10 denúncias mensais por episódios de assédio ou abuso.

Ocaña destaca em sua iniciativa que estes vagões exclusivos para mulheres já funcionam em outros países como Brasil, México, Índia, Egito, Malásia, Tailândia, Rússia e Japão.

A medida foi bem recebida nestes países, nos quais as mulheres declararam sentir-se mais seguras, segundo os fundamentos manifestados no projeto apresentado pela legisladora, nos quais ressalta que, por exemplo, no México o número de denúncias por assédio sexual caiu 26% após a aplicação desta lei.

Segundo disse à Agência Efe o secretário-geral da Associação Gremial de Trabalhadores do Metrô, Roberto Pianelli, esta proposta não seria algo "descabelado" e estaria orientada a "proteger" as mulheres.

No entanto, ressaltou que na Argentina é necessário gerar um "debate" com as associações feministas sobre se "convém encorajar políticas de igualdade de gênero" ou, pelo contrário, "fomentar este tipo de proposta por parte do governo".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos