Carro-bomba explode no sudeste da Turquia e deixa vários feridos

Ancara, 8 jun (EFE).- Um carro-bomba explodiu nesta quarta-feira perto do diretório local de segurança da cidade de Mardin, no sudeste da Turquia, e deixou vários feridos, informou a emissora "CNNTÜRK".

A explosão aconteceu em uma das ruas mais movimentadas de Mardin e causou graves danos materiais e um incêndio.

Várias ambulâncias foram enviadas ao local da detonação, que aconteceu por volta das 11h locais (5h de Brasília), um dia depois de um atentado letal no centro de Istambul, que deixou 11 mortos e cerca de 30 feridos, atribuído pelo governo turco à guerrilha curda do PKK.

As primeiras informações da imprensa turca indicam que este novo ataque também foi cometido por militantes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK).

Segundo fontes de segurança turcas, citadas pela emissora "CNNTÜRK", uma caminhonete tentou entrar na sede do diretório de segurança regional de Mardin.

A bomba foi detonada quando a polícia abriu o fogo contra o veículo, o que indicaria que o mesmo era conduzido por um terrorista suicida, segundo a emissora turca.

O jornal "Hürriyet" afirmou em sua versão eletrônica que, após a explosão, também aconteceu um tiroteio entre as forças de segurança e supostos guerrilheiros.

Segundo a agência de notícias "Anadolu", há "muitos feridos", que foram enviados aos hospitais de Mardin e Midyat, mais ao leste.

O edifício do diretório de segurança sofreu graves danos, da assim como outros prédios próximos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos