Promotoria da Alemanha acusa alemão de ter se filiado ao EI

Berlim, 9 jun (EFE).- A Promotoria Federal da Alemanha acusou nesta quinta-feira que um cidadão alemão, de 30 anos, se filiou a uma organização terrorista estrangeira e teria cometido crimes de guerra durante a sua passagem na Síria entre 2013 e 2014, onde se suspeita que combateu nas fileiras do Estado Islâmico (EI).

Segundo informações da promotoria, o homem identificado como Abdelkarim El B. vive em Frankfurt e foi acusado de violação da lei de controle de armas de guerra e de ter violado o direito humanitário internacional pelo "tratamento desumano e degradante" a pessoas protegidas no acordo de um conflito armado não internacional.

O acusado, relatou a Promotoria, viajou em setembro de 2013 da Turquia para a Síria, onde se uniu ao grupo terrorista, se inscreveu como combatente e lutou várias vezes na linha de frente da batalha.

No início de novembro de 2013, Abdelkarim El B. e sua unidade se estabeleceram nas proximidades da cidade síria de Aleppo, onde profanaram o corpo de um combatente inimigo.

"Enquanto alguns cortavam o nariz e as orelhas do cadáver e outros atiravam na cabeça, o acusado filmava com seu telefone celular e comentava de forma depreciativa a mutilação", denunciou o promotor.

O suspeito alemão também pisou o rosto do cadáver até deixá-lo totalmente desfigurado.

Já em fevereiro de 2014, Abdelkarim viajou da Síria para a Turquia, onde ele foi preso e ficou detido até 22 de Janeiro de 2015.

Após ser posto em liberdade, voltou para a Alemanha, onde foi novamente detido e atualmente está em prisão preventiva.

Em um primeiro momento, o homem foi acusado pela promotoria de Frankfurt sob a suspeita de que estivesse preparando um atentado no país, mas as investigações posteriores descobriram sua possível ligação com o EI e o caso passou para a Promotoria Federal.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos