Turquia diz que 18 membros do EI morreram em ataque na Síria

Ancara, 9 jun (EFE).- O Exército da Turquia anunciou que 18 militantes do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) morreram nesta quinta-feira em uma operação no norte da Síria realizada pela artilharia turca e a aviação da coalizão internacional contra os jihadistas.

A artilharia turca destruiu 14 posições do EI com 61 disparos, indicou o Estado-Maior em comunicado emitido em Ancara.

Segundo as "investigações iniciais", 18 militantes do EI morreram nesses ataques, que contaram com apoio desde o ar de aviões da coalizão internacional que luta contra os jihadistas.

O Exército turco garantiu, além disso, que forças opositores sírias, sem precisar, retomaram o controle de oito populações sírias, controlados até agora pelo Estado Islâmico (EI).

Por outro lado, o corredor entre as localidades de Maré e Azaz, no norte da Síria, controlado até agora pelo EI, foi desbloqueado graças os ataques de artilharia e a aviação, concluiu o Estado-Maior turco em sua nota.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos