Argentina cria monumento para sua reivindicação de soberania sobre Malvinas

Buenos Aires, 10 jun (EFE).- O ministro da Defesa da Argentina, Julio Martínez, inaugurou nesta sexta-feira em Buenos Aires um monumento em comemoração do Dia da Afirmação dos Direitos Argentinos sobre as Malvinas, ilhas sob domínio britânico e cuja soberania é reivindicada pelo país, informaram fontes oficiais.

O monumento, que apresenta a imagem do contorno do mapa do arquipélago, foi colocado no recinto do Complexo Industrial e Naval Argentino.

Durante o ato, do qual participaram autoridades militares e veteranos da Guerra das Malvinas, Martínez disse que o monumento constitui "um elo mais na cadeia" que ratifica a "soberania argentina sobre os territórios".

Segundo informou o Ministério da Defesa em comunicado, Martínez ressaltou a vontade "inquebrantável" de recuperar as ilhas Malvinas, ao celebrar hoje um dia no qual a Argentina lembra a criação em 10 de junho de 1829 do Comando Político e Militar das ilhas por parte do governo de Buenos Aires.

"A causa Malvinas é o eixo central de unidade dos argentinos e deve continuar sendo o exemplo das novas políticas de Estado que nos unam como país", afirmou o ministro argentino.

A esse respeito afirmou que o governo de Mauricio Macri "continuará com as reivindicações" através da via diplomática, em um ambiente de paz e que conta com o apoio internacional.

A Argentina reivindica sem sucesso a soberania das ilhas desde 1833, quando o Reino Unido assumiu a administração do arquipélago, e em 1982 tropas argentinas desembarcaram nas Malvinas, o que iniciou uma guerra entre os países que terminou com a derrota argentina.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos