Grupo armado mata 11 membros de uma mesma família no centro do México

Puebla (México), 10 jun (EFE).- Um grupo armado assassinou 11 pessoas de uma mesma família no município de Coxcatlán, região na fronteira entre a serra de Puebla e o estado de Oaxaca, no centro do México, informaram nesta sexta-feira fontes oficiais.

O incidente ocorreu no fim da noite de ontem, por volta das 23h30 locais (1h30 de hoje em Brasília), quando homens encapuzados abriram fogo contra as vítimas na colônia de San José El Mirante, aparentemente por uma velha disputa familiar por motivos religiosos.

Em declarações a uma emissora local, o prefeito de Coxcatlán, Vicente López da Vega, afirmou entre as vítimas há quatro homens, cinco mulheres e duas meninas, todos membros da mesma família.

Além disso, há outras duas crianças, de 4 e 5 anos, que estão gravemente feridas após terem sido baleadas nas costas e no abdômen. Ambas estão internadas no Hospital Geral de Tehuacán.

Segundo um relatório preliminar da Procuradoria Geral de Puebla, "um velho conflito entre as famílias e possíveis diferenças entre evangélicos e católicos podem estar por trás do crime". No entanto, uma investigação já em andamento irá determinar as causas do massacre.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos