Exército iraquiano arrebata do EI duas zonas próximas a Faluja

Bagdá, 11 jun (EFE).- O Exército iraquiano anunciou neste sábado a recuperação de duas zonas situadas ao oeste da cidade ocidental de Faluja, onde os jihadistas do grupo Estado Islâmico (EI) resistem desde 23 de maio ao assédio das forças leais a Bagdá.

Em um breve comunicado, o Ministério da Defesa iraquiana se limitou a informar que as zonas de Al Sabihat e Al Falahat, contra as quais hoje lançou uma ofensiva, foram libertadas.

O ministro da Defesa iraquiana, Khaled al Obeidi, visitou a sala de operações desde onde foi dirigida a ofensiva contra esta cidade, em poder dos jihadistas desde janeiro de 2014 e situada a 50 quilômetros ao oeste de Bagdá, acrescentou a nota.

Este avanço se soma ao conquistado ontem, quando as forças antiterroristas arrebataram do EI o bairro de Al Tawzia al Yadid, no sul da cidade.

Nas mais de duas semanas de ofensiva, as forças governamentais, que contam com o apoio aéreo da coalizão internacional liderada pelos EUA, arrebataram do EI os distritos de Saqlauiya, ao norte de Faluja, assim como de Al Carma, no leste, e dezenas de aldeias e zonas em seus arredores.

Também tomaram o controle dos bairros de Aimiya e de Shuhada.

Faluja é considerada o principal reduto do Estado Islâmico no Iraque após Mossul, cidade que foi conquistada pelos jihadistas em 10 de junho de 2014.

A resistência dos radicais, assim como os explosivos colocados em distintas partes da cidade, frearam o avanço dos soldados pró-governo, em uma ofensiva que foi acompanhada de denúncias sobre supostas torturas e assassinatos de deslocados que fugiam de Faluja. EFE

jfu-sy/ff

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos