Papa defende diversidade e integração de incapacitados em comunidades

Cidade do Vaticano, 11 jun (EFE).- O papa Francisco defendeu neste sábado o valor da diversidade e pediu que as pessoas com incapacidades sejam amparadas plenamente nas comunidades nas quais vivem.

Durante um encontro que manteve no Vaticano com participantes do Congresso dedicado às pessoas deficientes, organizado pela Conferência Episcopal Italiana, Francisco destacou a importância de educar estas pessoas na fé e considerá-las sujeitos ativos na comunidade na qual vivem.

O papa afirmou que estas pessoas têm uma grande capacidade apostólica e missionária, e sustentou que "não só estão capacitadas para viver uma genuína experiência de encontro com Cristo", mas também para contá-la.

"No caminho de inclusão das pessoas com incapacidades, ocupa naturalmente um posto decisivo sua admissão aos Sacramentos", afirmou Jorge Bergoglio.

O pontífice também apontou à necessidade de envolver as pessoas incapacitadas nas assembleias litúrgicas, já que participar delas, com sua própria contribuição à ação litúrgica mediante o canto e outros gestos significativos, contribui para sustentar o sentido de filiação de cada um.

"Tentamos fazer crescer uma mentalidade e um estilo que elimine os preconceitos, favorecendo uma efetiva fraternidade no que diz respeito à diversidade apreciada como um valor", concluiu.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos