Polícia encontra corpo de australiano desaparecido no Rio

Rio de Janeiro, 11 jun (EFE).- A polícia confirmou neste sábado o que o corpo encontrado há três dias em Maricá pertence ao australiano Rye Hunt, de 25 anos, desaparecido desde 21 de maio.

A delegada de polícia Elen Souto informou que os exames legista demonstraram que o corpo sem vida encontrado em estado avançado de decomposição é o do jovem mochileiro, que passava alguns dias no Brasil junto com um amigo.

Os peritos, no entanto, não conseguiram esclarecer as causas da morte do australiano, que tinha planejado visitar outros países da América do Sul.

Hunt tinha previsto viajar para Bolívia e tentou antecipar seu voo no aeroporto do Rio de Janeiro. No entanto, mudou de opinião no último momento após uma discussão com seu amigo e tomo um táxi para rumo a Copacabana.

A polícia acredita que Hunt consumiu drogas e álcool durante uma festa na noite anterior e sofreu um episódio psicótico antes de desaparecer.

O australiano foi visto pela última vez em 22 de maio por um pescador em uma ilha próxima à praia do Leme.

A ministra australiana de Relações Exteriores, Julie Bishop, foi a primeira a confirmar que o corpo do jovem havia sido encontrado e garantiu que o governo está apresentando toda a ajuda necessária aos familiares do mesmo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos