Irmandade Muçulmana participará das eleições da Jordânia

Amã, 12 jun (EFE).- A Frente de Ação Islâmica (FAI), braço político da Irmandade Muçulmana, decidiu participar do pleito parlamentar do próximo dia 20 de setembro da Jordânia, após ter boicotado as últimas duas eleições.

Fontes da FAI informaram neste domingo à Efe que a decisão foi adotada durante uma reunião extraordinária ontem à noite do Conselho Consultivo, o principal órgão de decisão do partido.

Espera-se que o secretário-geral da FAI, Mohammed al Zoyud, dê uma entrevista coletiva para anunciar oficialmente sua participação no pleito.

A FAI boicotou as legislativas de 2010 e 2013 em protesto contra o sistema eleitoral "uma pessoa-um voto", que prejudica os partidos políticos.

Este criticado sistema não se aplicará a este pleito, que será por uma nova lei baseada no princípio de representação proporcional.

A Irmandade Muçulmana e seu partido, o principal grupo da oposição, sofreram no entanto nos últimos meses uma renovada perseguição por parte das autoridades.

várias escritórios do partido foram fechados e dezenas de seus membros detidos, depois que as autoridades afirmaram que o grupo, que opera no país desde 1946, não tem licença para desenvolver suas atividades.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos