Obama é informado sobre massacre em boate de Orlando e pede mais informações

(Acrescenta com reação de Biden e atualiza o número de vítimas)

Washington, 12 jun (EFE).- O presidente dos EUA, Barack Obama, já foi informado sobre o ataque ocorrido na boate Pulse de Orlando, frequentada por homossexuais, que deixou pelo menos 50 mortos e 53 feridos.

"O presidente foi informado nesta manhã por Lisa Monaco, assessora de Segurança Nacional e Antiterrorismo do presidente, sobre o trágico tiroteio em Orlando, Flórida", afirmou a Casa Branca em comunicado .

"Nossos pensamentos e orações estão com as famílias e os entes queridos das vítimas", afirmou o comunicado.

"O presidente -ressaltou- pediu para receber atualizações com regularidade enquanto o FBI e outros agentes federais trabalham com a polícia de Orlando para obter mais informação".

Obama, acrescentou a Casa Branca, ordenou que "o Governo Federal forneça qualquer ajuda necessária para efetuar a investigação e ajudar a comunidade".

O vice-presidente dos EUA, Joe Biden, também foi informado e "ofereceu suas orações por todos os mortos e feridos no tiroteio e enviou suas condolências a todas as famílias e entes queridos das vítimas", afirmou seu porta-voz.

Da mesma forma que Obama, Biden "está seguindo de perto a situação e continuará recebendo atualizações com regularidade à medida que saibamos mais".

A polícia de Orlando informou hoje que o número de vítimas mortais do massacre chega a 50 pessoas, às quais é preciso somar 53 feridos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos