Abu Sayyaf dizem ter matado refém canadense

Manila, 13 jun (EFE).- O grupo jihadista Abu Sayyaf afirmou nesta segunda-feira ter matado o refém canadense Robwert Hall, sequestrado no sul das Filipinas em setembro, segundo o jornal Inquirer, que cita como fonte o porta-voz da organização islamita, Abu Raami.

Fontes das Forças Armadas consultadas pela Agência Efe disseram não ter informação sobre a suposta execução, que se for confirmada teria acontecido ao cumprir-se o prazo imposto pelos jihadistas para o pagamento de um resgate, fixado às 15h (4h em Brasília).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos