Juncker e Tusk enviam carta de condolências a Obama após atentados

Bruxelas, 14 jun (EFE).- Os presidentes da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, e do Conselho Europeu, Donald Tusk, enviaram nesta terça-feira uma carta conjunta ao presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, na qual expressaram suas condolências após o atentado do último domingo em uma boate gay em Orlando, na Flórida.

"Ambos reiteraram o apoio, a assistência e a cooperação continuadas da União Europeia na hora de combater aqueles que buscam destituir os valores comuns que tanto queremos", indicou porta-voz da União Europeia, Margaritis Schinas, em entrevista coletiva.

Ontem, os representantes europeus já tinham condenado o massacre e expressaram sua solidariedade com as famílias das vítimas.

A chefe da diplomacia da UE, Federica Mogherini, considerou que o ataque é "uma tragédia não só para a população americana, mas para todo mundo, da mesma forma que tantas pessoas são massacradas em seus países por sua fé, orientação sexual e suas crenças".

Por sua vez, o presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz, expressou seu Twitter sua "profunda consternação" pelo número de mortos no massacre de Orlando.

Schulz afirmou que seus pensamentos estão com as vítimas e as autoridades americanas, e ressaltou que todos "devem ser manter unidos contra o terrorismo".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos