Obama se declara feminista durante 1ª Cúpula de Mulheres da Casa Branca

Washington, 14 jun (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, se declarou feminista nesta terça-feira em discurso durante a primeira Cúpula de Mulheres apoiada pela Casa Branca, e se disse orgulhoso do que seu governo alcançou em matéria de igualdade ao longo dos últimos sete anos e meio.

"Pode ser que meu cabelo realmente esteja um pouco mais cinza que há oito anos, mas assim é um feminista", disse o líder diante de cerca de 5 mil mulheres que se reuniram no centro de convenções de Washington.

O presidente recordou alguns dos avanços feitos por seu governo pela igualdade de gênero, como melhorar as condições das ordens de pagamento por maternidade e a instauração de salário igualitário nos empregados federais. Frente à falta de atuação do legislativo, o chefe de estado fez uso do poder executivo para impor as medidas para os trabalhadores do governo.

"Não temos de ter o Congresso de acordo conosco. Podemos seguir adiante e avançar sem esperá-lo", declarou Obama, o que gerou muitos aplausos.

Durante a cúpula, na qual foram abordadas algumas das maiores problemáticas e dos maiores desafios para o sexo feminino, também discursaram o vice-presidente americano, Joseph Biden; o líder da minoria democrata da Câmara Baixa, Nancy Pelosi; e a primeira-dama, Michelle Obama, anfitriã do evento.

"Todas as meninas e mulheres do mundo devem estar livres da violência, incluindo a violência armada. A geração de minhas filhas (Malia, de 17 anos, e Sasha, de 15) não vai permitir que haja retrocesso após toda a luta feminista que lhes precedeu para chegar onde estão", destacou.

"Este é o futuro que estamos construindo. Um futuro no qual todos nós, aqui em casa ou em qualquer parte do mundo, sejamos livres de perseguição contra nossos sonhos", completou.

Obama convocou as mais jovens a envolverem-se em carreiras de inovação, ciência ou matemática, profissões que até bem pouco tempo atrás eram monopolizadas pelo sexo masculino, e também insistiu na denúncia de todo abuso sexual.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos