Polícia chinesa identifica responsável por explosão em aeroporto de Xangai

Xangai (China), 14 jun (EFE).- A polícia da China revelou a identidade do homem que no último domingo detonou uma bomba caseira em um balcão do check-in do Aeroporto Internacional de Pudong, em Xangai, onde quatro pessoas ficaram levemente feridas, além do próprio responsável pela explosão, que está internado em estado grave.

Segundo publicou nesta terça-feira o jornal oficial "Shanghai Daily", Zhou Xingbai, é um morador da província sudeste de Guizhou e que tinha acumulado dívidas de jogo, contraídas por suas apostas online, que não tinha condições de quitá-las.

A polícia informou que Zhou tinha pedido empréstimos a amigos após haver perdido todas as suas economias e, na manhã de domingo, horas antes de cometer o ataque, expressou em uma conversa num aplicativo de mensagens que estava a ponto de cometer uma loucura.

"Eu devo dinheiro para um monte de gente. Estou a ponto de fazer uma coisa extremamente louca e, com certeza, eu vou perder minha vida por isso", afirmou.

A polícia disse que Zhou trabalhava desde 2014 numa empresa de eletrônicos em Kunshan, a uma hora de Xangai. De lá, o homem viajou em dois ônibus até chegar ao aeroporto para fazer o ataque.

Os explosivos feriram quatro pessoas sem gravidade, todas por causa dos estilhaços dos vidros das garrafas usadas no ataque, enquanto o próprio Zhou tentou se matar ao cortar seu pescoço com uma faca.

O ataque causou o atraso de três voos no domingo, de acordo com autoridades aeroportuárias, que aumentaram o nível de inspeção de bagagens e passageiros, com controles preliminares sobre as entradas para todos os terminais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos