Ataque da artilharia turca e coalizão deixa mata pelo menos 10 membros do EI

Istambul, 15 jun (EFE).- Pelo menos 10 membros do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) morreram na Síria em um ataque da artilharia turca e dos aviões da coalizão internacional liderada pelos EUA, que opera desde bases turcas, informou nesta quarta-feira a agência turca "Anadolu".

O ataque ocorreu na terça-feira, depois que os sistemas de vigilância turcos detectaram que unidades do EI no noroeste da Síria se preparavam para lançar morteiros contra território turco.

Um ataque combinado de lança-foguetes turcos e aviões da coalizão internacional antijihadista conseguiu destruir 17 alvos do EI, entre eles posições de morteiros e lança-foguetes do tipo "Katyusha".

Segundo as primeiras informações de fontes militares, citadas por "Anadolu", 10 membros do EI perderam a vida no ataque.

A operação é muito similar a outra conduzida na segunda-feira na qual teriam morrido 5 jihadistas, informaram na segunda-feira os veículos de imprensa turcos.

Nos últimos meses foram frequentes os ataques do EI contra a cidade turca de Kilis, situada a 5 quilômetros da fronteira, com lança-foguetes 'Katyusha', montados sobre caminhonetes, que têm um alcance de cerca de 20 quilômetros.

Desde janeiro morreram cerca de 20 pessoas pelo impacto destes morteiros e foram registrados de 50 feridos neste município de 100 mil moradores.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos