Palestino de 15 anos está em estado grave após enfrentamentos na Cisjordânia

Ramala (Cisjordânia), 15 jun (EFE).- Um palestino de 15 anos está em estado crítico após os duros confrontos desta quarta-feira entre forças de segurança da Autoridade Nacional Palestina (ANP) e homens armados em uma cidade da Cisjordânia próxima a Ramala.

O adolescente foi atingido por um tiro na cabeça e está internado em uma unidade de terapia intensiva de um hospital da zona, depois que indivíduos armados não identificados protagonizaram tiroteios contra agentes da polícia palestina que realizavam investigações nas aldeias de Kafer Aqab e Samir Meus de madrugada, disseram fontes locais.

Na primeira hora do dia e segundo testemunhas, ainda era possível escutar os tiros procedente dessas populações situadas ao oeste de Ramala.

Os enfrentamentos se desencadearam depois que a polícia palestina invadiu várias casas em busca de suspeitos do roubo do veículo do ministro palestino para Desenvolvimento Social, Ibrahim al-Shaer, que ontem foi obrigado junto a seu motorista a sair do veículo após ser ameaçado com uma pistola por desconhecidos no próximo campo de refugiados de Kalandia.

Uma fonte de segurança palestina indicou na véspera que o ataque e roubo podem estar relacionados com a detenção recente de quatro jovens pelas forças de segurança da ANP nesse campo de refugiados.

No entanto, outra fonte oficial da ANP consultada pela Agência Efe e que pediu anonimato desvinculou o fato da detenção dos jovens e apontou que se tratou de um ato puramente delitivo.

O veículo foi localizado posteriormente pelas forças de segurança palestinas e a polícia abriu uma investigação para esclarecer o fato e dar com seus responsáveis.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos