Ataque no norte do Sinai mata dois soldados egípcios

Cairo, 16 jun (EFE).- Dois soldados da polícia egípcia morreram nesta quinta-feira em um ataque perpetrado por quatro encapuzados em Al Arish, capital da província do Norte do Sinai, informou o Ministério do Interior.

Os agressores invadiram a casa dos agentes, localizada no bairro de Al Masaid, e abriram fogo, segundo o comunicado de Interior.

As forças de segurança intensificam suas operações para capturar os agressores.

No norte do Sinai, onde têm sua base grupos extremistas como Wilayat Sina, a filial egípcia do Estado Islâmico, são contínuas as operações de segurança.

Os ataques contra a polícia e exército egípcios se intensificaram desde o golpe de Estado contra o presidente islamita Mohammed Mursi, afastado do poder pelos militares em 3 de julho de 2013.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos