Berlusconi deixa UTI após intervenção cirúrgica no coração

Roma, 16 jun (EFE).- O ex-presidente do governo italiano Silvio Berlusconi deixou nesta quinta-feira a Unidade de Terapia Intensiva e foi levado a um quarto privado no hospital São Raffaele de Milão, onde foi submetido a uma cirurgia de coração na terça-feira.

Paolo Berlusconi, irmão do ex-mandatário e líder do Forza Itália, confirmou as informações aos meios de comunicação.

Berlusconi, de 79 anos, passou por uma cirurgia na terça-feira que durou quatro horas e na qual foi substituída a válvula aórtica -que separa o coração da aorta e que abre e fecha para permitir que o sangue flua para o resto do corpo- por uma biológica de origem animal.

O cardiologista responsável pela cirurgia, Ottavio Alfieri, garantiu ontem em entrevista coletiva que espera que Berlusconi siga internado entre "cinco e seis dias no hospital e depois continue a reabilitação em casa, que pode variar de dez a 15 dias".

Paolo Berlusconi explicou aos veículos de imprensa que "tudo corre bem e que as avaliações são boas, mas os médicos recomendaram absoluto descanso e não muitas visitas para que não se canse demais".

O cardiologista explicou ontem que o pós-operatório está sendo "absolutamente regular" e que é "o melhor que podemos esperar".

Berlusconi foi internado na terça-feira por conselho de seu médico pessoal, Alberto Zangrillo, depois que no domingo mostrou sintomas de insuficiência cardíaca em Roma, para onde viajou para votar nas eleições municipais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos