Deputada do Partido Trabalhista britânico é baleada após ataque

Londres, 16 jun (EFE).- A deputada do Partido Trabalhista do Reino Unido Jo Cox foi ferida a tiros após um ataque em sua circunscrição de Batley and Spen, no norte da Inglaterra, informou nesta quinta-feira a imprensa do país.

A Polícia informou que um homem de 52 anos foi detido nos arredores do local em relação ao fato.

Uma testemunha descreveu à agência local "PA" como a deputada, de 41 anos e mãe de dois filhos, ficou caída no chão após o incidente.

Um helicóptero levou a vítima a um hospital de Leeds desde o lugar onde aconteceu o ataque, perto da biblioteca da cidade de Birstall, onde participava de um ato público.

Segundo as forças de segurança, a mulher sofreu "ferimentos graves" e está em estado crítico por causa de um ataque no qual outro homem, de entre 40 e 50 anos, sofreu ferimentos leves.

"A presença policial na região aumentou como medida para aumentar a sensação de segurança da comunidade", afirmou um porta-voz da Polícia.

Uma das pessoas que presenciou o ataque, Hithem Ben Abdallah, narrou à imprensa como um homem estava "tentando controlar" outro, que usava "um boné branco de beisebol" e que "de repente tirou uma pistola de sua bolsa".

Após uma breve resistência entre ambos, o primeiro homem se retirou e a deputada foi envolvida no incidente, que durou entre 15 e 20 minutos, segundo Abdallah.

"Ele lutou com ela e então a pistola disparou duas vezes. Ela caiu entre dois carros", relatou a testemunha.

O líder do Partido Trabalhista, Jeremy Corbyn, se mostrou "profundamente comovido" com a notícia do ataque e afirmou que os pensamentos de todos os membros da legenda estão com Cox e sua família.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos